Entenda as diferenças entre lentes rígidas e gelatinosas

olhos

Se você quer usar lentes de contato, precisa levar em consideração que existem vários tipos de lentes. Por exemplo, de acordo com o seu problema de visão, pode precisar de uma lente esférica (para miopia e hipermetropia), uma lente tórica (para astigmatismo) ou uma lente multifocal (para presbiopia). Você também precisa considerar os tipos de lente de acordo com a sua composição. Nesse caso, existem lentes rígidas e gelatinosas, que diferem pelos materiais que são usados na fabricação e, por isso, apresentam características bem distintas.

As lentes rígidas e gelatinosas podem parecer idênticas visualmente; no entanto, cada uma oferece suas vantagens e desvantagens. Por isso, entender a diferença entre elas é necessário para escolher o tipo de lente de contato mais adequado para você.

O que são lentes rígidas?

O nome é autoexplicativo, não é mesmo? As primeiras lentes de contato foram as rígidas. De fato, as primeiras lentes produzidas no mundo (fabricadas na Alemanha, no final do século XIX) eram de vidro. Depois, passaram a ser feitas em material acrílico.

Atualmente, ainda encontramos lentes rígidas produzidas com poliometilmetacrilato (PMMA), mas em sua maioria elas foram substituídas por fluorcarbono. Este, embora seja um material não-maleável, é leve e permeável a gases. Ou seja, o oxigênio ainda vai chegar à superfície do seu olho, o que é necessário para evitar complicações.

Lentes rígidas podem ser encontradas em diferentes tamanhos, como as lentes esclerais, corneanas e micro-corneanas. As lentes esclerais são maiores; elas recebem esse nome porque se apoiam sobre a parte branca do olho, a esclera. Dessa maneira, há menos probabilidade de que a lente saia do lugar e cause atrito sobre a córnea. Elas são, portanto, consideradas mais confortáveis entre as lentes rígidas.

Uma vantagem das lentes rígidas é que elas podem ser mais fáceis de higienizar, no caso das lentes de uso prolongado.

Um dos casos em que as lentes rígidas são mais indicadas do que as lentes gelatinosas é no tratamento de ceratocone, uma condição que altera o formato da córnea.

mulher lendo

O que são lentes gelatinosas?

As lentes gelatinosas, de material maleável, só começaram a ser produzidas entre as décadas de 1960 e 1970. Basicamente, são produzidas pela combinação de um polímero e de um diluente que, juntos, formam moléculas de água. Por isso, uma importante característica das lentes gelatinosas, além da maleabilidade, é que são altamente hidratadas.

Atualmente, existem duas opções principais de lentes gelatinosas: as de hidrogel e as que combinam hidrogel e silicone. Este segundo tipo tem a vantagem de possibilitar maior oxigenação.

Uma das principais vantagens das lentes gelatinosas é que elas se acomodam melhor nos olhos. Além disso, quando se movimentam, elas causam menos irritação. Portanto, de maneira geral, elas são consideradas mais confortáveis do que as lentes rígidas, especialmente para quem ainda está se adaptando ao uso das lentes de contato. Para quem pratica esportes, elas também são mais indicadas.

Além disso, lentes gelatinosas podem ser encontradas na opção para descarte diário. É extremamente prático, não exigindo qualquer tipo de higienização para reutilização das lentes. No final do dia, é só tirar e descartar.

Como escolher entre lentes rígidas e gelatinosas?

Nossa intenção foi demonstrar que lentes rígidas e gelatinosas são diferentes. Uma não é “melhor” do que a outra, mas podem ser indicadas para casos diferentes. Então, como escolher?

Como sempre, o primeiro passo é consultar um oftalmologista. Ele é o profissional mais preparado para avaliar seu caso e indicar o tipo de lente ideal. Não tente comprar lentes sem uma recomendação médica. Vale a pena lembrar que existem (raros) casos em que o uso de lentes de contato, sejam lentes rígidas ou gelatinosas, não é recomendado.

Além disso, se você nunca usou lentes de contato antes, as lentes gelatinosas são mais indicadas, porque facilitam o processo de adaptação. As lentes rígidas, no começo, podem causar lacrimejamento e vermelhidão. A sensação é de ter um “cisco” nos olhos.

Para terminar, não importa se são lentes rígidas ou gelatinosas, elas devem ter excelente procedência – do contrário, você pode sofrer complicações. É por isso que escolher a marca e pesquisar a loja são importantes passos para comprar lentes de contatos.

A questão da marca é especialmente importante; já que a lente de contato precisa ser trocada com frequência, você deve ficar atento ao custo-benefício da marca escolhida. Acontece que existem no mercado lentes de contato com um preço muito elevado, e isso acaba sendo um obstáculo para muitas pessoas que gostariam de abandonar os óculos. Afinal, de que adianta saber que as lentes podem melhorar sua qualidade de vida, se elas não couberem no seu orçamento? Felizmente, existem marcas que oferecem alta qualidade a um preço acessível.

lentes de contato Bioview

A Central Oftálmica trabalha com quatro linhas de lentes gelatinosas: BioView, Silidrogel, BioSoft e SoftFlex. Cada linha é desenvolvida com tecnologias exclusivas e traz benefícios únicos para os usuários. Visite o site e saiba mais sobre nossos produtos! Ou, então, aproveite para descobrir oito motivos para começar a usar as lentes da Central Oftálmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *