Mau uso de lentes de contato pode causar infecção ocular e até perda de visão

Blog

mulher leva a mão aos olhos parentando dor||LENTES DESCARTÁVEIS||homem com dor nos olhos||||

Sabia que você pode desnecessariamente desenvolver uma série de complicações para sua visão, como úlceras da córnea, abrasões, infecção ocular e, em casos mais extremos, até mesmo perda da visão se adotar ações contra-indicadas, como ficar com as lentes de contato para dormir ou nadar, ou, não lavar as mãos antes de manipulá-las?

No entanto, felizmente, com tratamento adequado a maioria das pessoas se recupera. Mas, quando há danos e infecções mais graves na córnea, pode ser necessário encarar um transplante para restaurar a visão ou, na pior das hipóteses, nada mais poderá ser feito para recuperá-la.

Portanto, o objetivo deste artigo é reforçar a conscientização e a importância do uso adequado de sua lente de contato. Mesmo com a correria do dia a dia, certos cuidados não podem ser negligenciados. Vamos falar disso a seguir!

O que é uma infecção ocular?

Infecções são causadas por agentes externos. O organismo reage a entrada de micro-organismos como vírus, bactérias, parasitas ou fungos. Nesse processo, as células de defesa tentam combater os micro-organismos.

São agentes infecciosos:

  • Bactérias
  • Vírus
  • Fungos
  • Parasitas

Os olhos, todavia, têm uma proteção natural contra esses organismos estranhos: o fluído que cobre a córnea contém enzimas protetoras e, ao piscar, a pessoa impede que algo se fixe à superfície ocular.

Entretanto, por vezes, esses micro-organismos rompem esta barreira e penetram a camada protetora das células na córnea. O grande problema decorrente do mau uso das lentes é que essa prática torna ainda mais frágeis essas barreiras, abrindo caminho para contaminações que podem se tornar graves.

O que não se deve fazer com as lentes de contato?

homem com dor nos olhos
Atitudes negligentes com o uso das lentes podem ter consequências indesejadas para a saúde dos olhos.

Lavar ou armazenar as lentes em água de torneira pode trazer sérios problemas aos olhos. O correto é usar soluções esterilizantes para limpar as lentes.

Usar as lentes fora do prazo de validade também prejudica a saúde ocular. As pequenas rachaduras que aparecem no plástico ao longo do tempo são um terreno fértil para as bactérias, abrindo as portas para uma infecção ocular.

Adormecer sem tirar as lentes de contato é um hábito ruim que, assim como a falta de higiene do produto, colabora para proliferação de bactérias e pode causar infecção na córnea.

Outro problema bem grave decorrente do mau uso das lentes, normalmente associado ao uso por um tempo além do recomendado, é o surgimento da ceratite microbiana, uma inflamação perigosa da córnea que é de difícil diagnóstico, pois deixa os olhos menos sensíveis à lente. Quando a dor começa é porque a infecção atingiu um estado grave. O problema deve ser tratado com antibióticos indicados por um profissional, para evitar a perda da visão.

Práticas “aparentemente inofensivas” que demandam os devidos cuidados

mulher nadando de costas em piscina
Se for entrar na piscina e não quiser tirar as lentes, proteja seus olhos com óculos de natação.

Mas mesmo práticas “aparentemente inofensivas”, como entrar na piscina ou tomar banho usando lentes, podem ter consequências bem sérias se não tomados os devidos cuidados.

Recentemente, na Inglaterra, uma mulher quase perdeu a visão do olho esquerdo após contrair uma infecção por Acanthamoeba polyphaga, um protozoário presente no solo, na água doce, no mar, em piscinas, banheiras de hidromassagem e jacuzzis.

De acordo com os médicos, que publicaram o caso no New England Journal of Medicine, a paciente começou a se queixar de dor e visão embaçada após nadar na piscina e tomar banho usando lentes de contato.

Para não perder a visão, ela precisou ser submetida a um transplante de córnea para cuidar das sequelas deixadas pela infecção.

Mas, calma, são casos extremos e pouco comuns. Além disso, basta só um pouco de disciplina para que você use corretamente suas lentes e possa usufruir de todos os benefícios que elas proporcionam. E acredite, são muitos!

A seguir, vamos falar sobre os cuidados que devemos tomar para manter as lentes longe das infecções.

1 – Manuseie as lentes corretamente para evitar infecção ocular

lente de contato erguida por um dedo a frente dos olhos
Manusear as lentes com as mãos limpas é fundamental para evitar o risco de infecção ocular.

Lave bem as mãos sempre que for manipular suas lentes de contato. De preferência, use um sabonete sem perfume e antibacteriano. Seque bem as mãos, também, com uma toalha que não deixe fiapos. Esse passo é importante porque, se houver qualquer impureza nas suas mãos, ela será transferida para as lentes e, depois, para os olhos. É assim que acontecem irritações e até infecção ocular.

Esse procedimento deve ser feito da mesma forma quando você for colocar ou retirar suas lentes.

2 – Limpe e guarde as lentes de maneira apropriada

Limpeza das lentes é coisa séria e deve ser feita corretamente. Portanto, você deve higienizá-las com uma solução própria para esse fim. Não use água da torneira para lavar as lentes, e nem soro fisiológico. Você deve colocá-las no estojo e cobrir com a solução própria para que elas sejam desinfectadas. Esse cuidado é muito importante, pois as lentes acumulam sujeira e pode ocorrer a proliferação de bactérias.

O estojo em que você guarda as lentes de contato também precisa estar sempre limpo. Nesse caso, você pode usar água e sabão. Deixe secar bem antes de voltar a usar. Faça isso, pelo menos, uma vez por semana.

3 – Respeite o tempo de uso de suas lentes

Seus olhos precisam de oxigênio e é por isso que eles precisam de uma “folga” de tempos em tempos. Quando você está usando suas lentes, a quantidade de oxigênio que chega à córnea é limitada. E mesmo no caso de lentes permeáveis, inclusive aquelas projetadas para uso durante a noite, só podem ser usadas de forma prolongada estritamente de acordo com o indicado por um oftalmologista de confiança.

Especialistas recomendam o uso de lentes por cerca de 12 a 16 horas, ao dia, no máximo, e que elas sejam retiradas durante a noite para dar uma pausa aos olhos. Há ainda quem aconselhe a escolher um dia da semana para dar um descanso aos olhos e não usá-las.

O ponto fundamental é respeitar o prazo de validade das lentes.

Estes são cuidados básicos que irão garantir o uso seguro de suas lentes! E, lembre-se, visite sempre um oftalmologista de sua confiança.

Categorias

Postagens Recentes