Alergia a lentes de contato? 5 maneiras de evitar esse desconforto

Blog

Moça coçando os olhos por conta de alergia.

Você sabia que existem pessoas que podem desenvolver alergia a lentes de contato? No entanto, existem alguns cuidados que podem ser tomados para evitar eventuais desconfortos decorrentes dessa situação. Esse texto irá tratar desse assunto. Vem com a gente!

O que é uma alergia?

Primeiramente, você sabe o que é uma alergia? Em uma definição sucinta, alergia pode ser entendida como uma reação anormal de nosso sistema imunológico a substâncias estranhas (alérgenos), mas que normalmente são inofensivas.

Espirros, irritação da pele e vômitos estão entre os principais sintomas de uma alergia.

Alérgenos mais comuns:
  • Pólen
  • Ambrosia (Erva-daninha comum nos EUA e Europa)
  • Grama
  • Pelos de animais
  • Ácaros
  • Esporos de mofo
  • Poeira

Alergia a lentes de contato

Close em olho vermelho por conta de alergia
Olhos vermelhos estão entre os sintomas mais comuns de alergia.

E no caso das lentes de contato? Como acontece? Bem, esse problema não é incomum e pode acontecer inclusive em pessoas que usam lentes de contato há anos e nunca tiveram nenhum tipo de problema antes.

Segundo especialistas, há casos em que usuários desenvolvem uma alergia tão grave que podem chegar ao ponto de criarem total intolerância ao uso do dispositivo. Algumas pessoas vão se sensibilizando ao longo do tempo, na maioria das vezes devido ao uso inadequado das lentes de contato ou dos produtos de limpeza.

As ocorrências mais comuns de alergia ou intolerância ao uso acontecem porque o usuário não produz lágrima suficiente para lubrificar o olho e, ao mesmo tempo, hidratar as lentes de contato.

Lágrimas são importantes

Produzindo uma boa quantidade de lágrima, o paciente tem como manter a lubrificação do olho, aumentando sua proteção natural contra agentes externos, além de manter as lentes hidratadas. No entanto, quando há a produção de pouca lágrima, as lentes podem induzir ou piorar alergias como o problema do olho seco, quase sempre decorrente de uma situação de “desleixo”.

Se o usuário esquecer as lentes gelatinosas, por exemplo, fora do estojo, elas literalmente desidratam, tornando-se mais secas e, portanto, quando forem colocadas novamente irão absorver mais água do que o normal, dividindo a demanda por lágrimas com os olhos.

O caso acima é um exemplo prático sobre a relação entre a falta de cuidados com a higiene e a manutenção das lentes, e os riscos de contrair algum tipo de alergia.

Além da vermelhidão nos olhos, outros sintomas que podem ser decorrentes de alergia são o lacrimejamento constante, a coceira intensa, inchaço e sensibilidade acentuada à luz. 

Há situações em que alergias podem evoluir para casos mais graves. Portanto, é fundamental procurar um especialista caso algum desses sintomas persistir.

Lembre-se: a alergia é uma reação de defesa do organismo contra alguma substância indesejável, e somente com a intervenção de um profissional será possível descobrir qual é a substância, o nível de gravidade e como combatê-la de forma eficaz.

5 maneiras de evitar alergia a lentes de contato e o desconforto decorrente desse problema

Mulher fazendo compressa no olho direito.
Fazer compressas nos olhos ajuda a aliviar o desconforto provocado pela alergia.

Somente um especialista poderá dizer se você deve ou não seguir usando as lentes de contato após o diagnóstico de uma alergia. Porém, é possível evitar uma alergia de maior gravidade agindo de maneira correta assim que os sintomas aparecerem. Veja alguns exemplos:

Não toque nem esfregue os olhos

Nos primeiros sinais de uma alergia, limpe as mãos adequadamente e remova as lentes sem esfregar ou coçar os olhos. Também é importante lavar o rosto frequentemente para remover potenciais alérgenos perto dos olhos.

Nunca use a maquiagem de outra pessoa

Maquiagens são potenciais causadoras de alergia. Portanto, se você não quer correr riscos, use somente a sua própria maquiagem, limitando a quantidade para os olhos.

Nunca use lentes de contato de outra pessoa

Pode parecer meio óbvio, mas infelizmente há pessoas que não percebem o risco de usar lentes que não são as suas. O mesmo vale para os estojos: use somente os seus!

Faça compressas sobre os olhos

Retire as lentes com o devido cuidado e faça uma compressa com água morna sobre os olhos. Essa ação tem grande efeito de alívio sobre o desconforto causado por uma alergia nos olhos.

Deixe os sapatos do lado de fora

Muita gente não dá importância a esse fato, mas os sapatos trazem para dentro de casa tudo que encontram na rua, incluindo bactérias e substâncias altamente alérgicas, como o pólen.

Lembre-se, se os sintomas da alergia persistirem, procure um especialista o quanto antes.

E já que o assunto é bem-estar, conheça 10 Bons alimentos para a saúde dos olhos.

Categorias

Postagens Recentes