Oftalmologia pediátrica: 5 benefícios para a saúde visual do seu filho

Blog

garota sorridente tampa um dos olhos em frente á carta de letras do oftalmologista

A oftalmologia pediátrica é fundamental para a saúde de uma criança. Afinal, todo pai deseja que seu filho nasça e cresça com saúde, e isso inclui, obviamente, a saúde dos olhos.

Da gestação a um ano e meio de idade se encontra a fase crítica de formação do sistema visual, quando exames muito importantes ligados à oftalmologia pediátrica devem ser realizados.

De que se trata a oftalmologia pediátrica?

Na verdade, a oftalmologia é uma só. Porém, a forma de se realizar os exames oftalmológicos é que varia conforme a idade do paciente.

Consultas direcionadas a crianças devem ser rápidas e objetivas, mas sempre que possível a criança é chamada para participar das “brincadeiras” durante os exames oftalmológicos.

É preciso que se estabeleça uma relação de confiança e a ajuda dos pais é muito importante nesse processo, contribuindo para que se crie essa relação de confiança com a criança.

Mostrar que a “luz” não dói no dedo da mão antes de colocá-la no olho da criança e, principalmente, não forçá-la a realizar nenhum exame, são alguns dos primeiros passos a serem tomados para se examinar uma criança.

Primeiro exame e consulta

Oftalmologista realiza exame em criança
É preciso que se estabeleça uma relação de confiança com a criança.

O primeiro exame nos olhos da criança é realizado assim que ela nasce. É o chamado teste do olhinho. São observados a cor da pupila (que deve ser preta) e os reflexos da luz. Ou seja, ao acender a luz em um olho, a pupila fecha e o outro olho deve reagir também.

Os prematuros, por exemplo, em especial aqueles que nascem com menos de 1,5 kg e vão para o oxigênio, precisam de observação constante do oftalmologista, inclusive 90 dias após a alta do hospital, para avaliar se não há nenhuma alteração da retina.

Já a primeira consulta ao oftalmologista deve ser feita no primeiro ano de vida ou imediatamente, caso haja alguma queixa da criança.

Os pais também devem ficar atentos se há algum problema com a visão da criança.

Problemas oculares mais comuns em crianças

O olho é o órgão que mais se desenvolve nos 12 primeiros meses e atinge sua maturidade total aos sete anos. Nesse período, boa parte dos problemas oculares podem surgir, e uma vez diagnosticados e tratados com antecedência, mais efetivos serão os resultados do tratamento.

Entre os problemas oculares mais comuns em crianças estão:

Hipermetropia

É uma condição do olho em que a luz é focada na parte posterior da retina, ao invés da própria retina. Isto faz com que a pessoa veja desfocados os objetos a curta distância, enquanto os objetos distantes são vistos normalmente.

Miopia

É o distúrbio visual que acarreta uma focalização da imagem antes desta chegar à retina. Uma pessoa míope consegue ver objetos próximos com nitidez, mas os objetos distantes são visualizados como se estivessem embaçados (desfocados).

Astigmatismo

É um tipo de erro refrativo em que o olho não consegue focar a luz na retina de forma uniforme. Isto faz com que a pessoa veja de forma distorcida ou desfocada a qualquer distância. Entre outros possíveis sintomas estão a fadiga ocular, dores de cabeça e dificuldade em conduzir veículos durante a noite.

Estrabismo

É um distúrbio que afeta o paralelismo entre os dois olhos, que apontam para direções diferentes. Ele pode surgir nos primeiros meses de vida da criança.

Ambliopia

Também conhecida como “olho preguiçoso”, refere-se ao desvio ou ao desalinhamento de um olho, que tem uma perda de visão significativa e por vezes, também, estrabismo, nesse caso caracterizando um problema de desalinhamento geral.

5 Benefícios da oftalmologia pediátrica

Garoto pequeno com equipamento oftalmológico em frente a uma carta de exame ocular
O diagnóstico precoce de qualquer doença é fundamental para o desenvolvimento perfeito da visão.

O diagnóstico precoce de qualquer doença é fundamental para o desenvolvimento perfeito da visão. Confira abaixo cinco benefícios que a Oftalmologia pediátrica pode proporcionar à criança:

1. Diagnóstico precoce de doenças

Permite diagnosticar precocemente erros refracionais como miopia, astigmatismo, hipermetropia e estrabismo, além de identificar patologias causadas por doenças sistêmicas contraídas pela mãe durante a gravidez.

Quanto mais cedo o diagnóstico, maiores as chances de cura ou de impedir que esses problemas se agravem no futuro.

2. Facilita o aprendizado e a alfabetização

No início da fase escolar, se problemas de visão não forem tratados, eles certamente irão atrapalhar o aprendizado da criança, uma vez que elas terão dificuldade para enxergar cadernos, livros e o que está escrito na lousa.

3. Evita perda de acuidade visual            

Quanto maior o atraso na determinação de problemas visuais, menores serão as chances de recuperação e correção do problema.

4. Reduz o risco de acidentes domésticos

Se a criança não está enxergando bem, maiores são as chances de que ela esbarre em objetos, tropece ou leve um tombo.

5. Melhora da qualidade de vida e no convívio social

O relacionamento com o mundo exterior é feito fundamentalmente através da visão, de modo que qualquer anormalidade da função visual nas crianças pode levar a dificuldade de relacionamento social, assim como queda de rendimento nas atividades físicas e intelectuais.

Vale ressaltar que praticamente todos os problemas de visão existentes hoje em dia podem ser tratados com lentes de contato, que fortalecem a autoestima e são muito práticas de serem usadas, podendo ser adotadas, inclusive, por crianças, cabendo aos pais decidirem se irão ou não delegar aos pequenos os cuidados indispensáveis com a higienização.

A Central Oftálmica é reconhecida pela excelência na fabricação de lentes de contato gelatinosas, e oferecem opções para as mais variadas condições. Conheça a linha de lentes de contato da Central Oftálmica e converse com seu oftalmologista.

E se você está em dúvida sobre quando deve marcar sua próxima consulta, clique aqui.

Categorias

Postagens Recentes