Qual a diferença entre as lentes de contato diárias descartáveis e as reutilizáveis?

Blog

lentes de contato||||||||

As lentes de contato evoluíram muito em termos de matérias e tecnologia. Desde o conforto das lentes gelatinosas, à eficiência para a correção de problemas de visão como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia, elas ganham o mundo e são utilizadas no dia a dia por milhões de pessoas.

No início, todas as lentes eram reutilizáveis, porém, juntamente à evolução dos materiais, surgiram também as chamadas lentes descartáveis.

Qual a diferença entre as lentes de contato diárias descartáveis e as reutilizáveis?

Lentes reutilizáveis, como o nome diz, podem ser utilizadas durante vários dias ou meses. No mercado, encontramos essa opção em versões semanal, quinzenal, mensal, bimestral e, até, anual. Algumas pessoas também se referem a essas lentes como de “uso contínuo”. No entanto, apesar de este ser o tipo mais comum de lente, vale ressaltar que somente um médico oftalmologista poderá confirmar se você está apto a usar a lente reutilizável e por quanto tempo.

Outro ponto muito importante: toda a lente, reutilizável ou não, deve ser removida antes da hora de ir para cama. Pegar no sono com lentes de contato, seja qual for o tipo, pode acarretar em problemas para seus olhos, pois eles dependem de oxigenação e lubrificação, que são parcialmente comprometidos durante o período em que estamos usando as lentes.

Obviamente há exceções, mas, novamente, somente um médico oftalmologista poderá determinar se você pode ou não dormir com elas.

Mas, e as lentes descartáveis?

Bem, elas levam esse nome pois são feitas para que o usuário utilize por, no máximo, um dia e, em seguida, devem ser descartadas. Na prática, isso significa que, se você tirar essas lentes em qualquer momento ao longo do dia, o adequado é descartá-las imediatamente. O motivo é que elas não são preparadas para os produtos de limpeza disponíveis; e recolocar as lentes sem a devida higienização aumenta o risco de complicações nos olhos.

Ambos os tipos podem ser encontrados para corrigir diversos tipos de problemas de visão, como a miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia.

Principais diferenças entre lentes de contato diárias descartáveis e as reutilizáveis

Higiene

Você não precisa se preocupar com a higienização das lentes descartáveis, já que elas não são reutilizáveis. Ao final do dia, é só tirar e jogar fora. Enquanto isso, as lentes reutilizáveis exigem higienização sempre que são retiradas, pois os fluidos e proteínas que se acumulam nelas durante o uso favorecem a proliferação de microorganismos que podem causar infecções.

Economia

O preço individual das lentes descartáveis é inferior ao de uma lente reutilizável, porém, leve em consideração o fato de que, no caso das descartáveis, você irá utilizar um par por dia. Isso faz com que as lentes reutilizáveis sejam uma opção mais econômica.

Praticidade

Este é o grande diferencial das descartáveis, uma vez que dispensam totalmente os cuidados com limpeza e armazenamento, uma vez que basta tirar da embalagem, usar e, no final do dia, jogar fora.

Para os mais distraídos que vivem perdendo as lentes, isso não será um grande problema, já que seriam descartadas após o uso de qualquer maneira. Porém, se você é usuário de lentes de contato reutilizáveis, perdê-las pode representar um grande prejuízo, e fica pior conforme o período de reutilização aumenta. Por exemplo, perder lentes anuais é tão ruim quanto perder um par de óculos.

Além disso, as lentes reutilizáveis requerem mais controle e os cuidados com a higiene e manutenção devem ser seguidos à risca. 

Uso esporádico

Pessoas que preferem usar lentes de contato de forma esporádica, como praticantes de esportes ou para ir a algum evento sem precisar usar óculos certamente darão preferência às lentes descartáveis, afinal, uma caixa delas significa uma lente nova para 30 eventos esporádicos.

Esperamos que essas dicas tenham lhe ajudado a conhecer um pouco mais sobre os tipos de lentes. No entanto seja qual for a sua escolha, ela deve passar pela orientação de um médico oftalmologista de sua confiança.

Quer saber mais sobre os tipos e como são produzidas as lentes de contato, então, clique aqui e baixe nosso e-book “Como as lentes de contato são produzidas?”.

Categorias

Postagens Recentes