Como vender as lentes multifocais de forma segura.

Blog

Vender lentes multifocais

O que você realmente sabe sobre as lentes multifocais?

A visão é um dos sentidos mais importantes que temos. É através dela que podemos enxergar o mundo e ter uma melhor qualidade de vida. Como sabemos, conseguir ver tudo perfeitamente é um privilégio apenas para uma parcela da população mundial.

No entanto, a maioria das pessoas que apresentam algum problema, como miopia e/ou astigmatismo, por exemplo, consegue levar uma vida normal. Tudo isso graças ao uso de ferramentas de correção da visão. Entre as principais alternativas encontram-se as lentes de contato.

Se antes elas eram sinônimo de algo desconfortável, hoje em dia isso mudou. Com os avanços da tecnologia, elas estão cada vez mais modernas e adaptáveis. Existem diversos tipos, que atendem as mais variadas necessidades. Entre as opções que o mercado oferece estão os modelos multifocais.

Mas afinal, o que as diferem das demais lentes de contato que temos disponíveis atualmente? Essa é uma pergunta que todo profissional que trabalha em uma ótica deve ter o conhecimento. Antes de comercializá-la, é importante saber se as multifocais são adequadas para cada tipo de perfil de cliente. Nesse post vamos te explicar melhor sobre ela e mostrar como vender de uma maneira segura.

O que são as lentes de contato multifocais

O mercado disponibiliza vários tipos de lentes de contato que atendem a necessidades específicas. Embora pareçam ser tudo igual, cada uma tem a sua peculiaridade. No caso das multifocais, que também são chamadas de progressivas, elas são um modelo com tecnologia avançada de esferas concêntricas.

Ela permite que o usuário corrija problemas de visão para focos distantes, médios e curtos. Tudo isso ao mesmo tempo. As lentes de contato multifocais são produzidas tanto em materiais para lentes gelatinosas, como para lentes rígidas permeáveis aos gases (RGP ou rígidas).

Como as lentes de contato multifocais funcionam

As lentes de contato multifocais combinam a correção da miopia e da presbiopia juntas, além da opção de correção do astigmatismo. Também chamadas de lentes progressivas, elas permitem que seu usuário consiga enxergar focos de longa, média e curta distância simultaneamente.

Antigamente, era comum que as pessoas revezassem dois óculos, um para perto e outro para longe. Até pouco tempo atrás, as lentes de contato também só corrigiam uma necessidade visual por vez. Por isso, ainda era comum ter sempre por perto um óculos de leitura, ainda que estivesse usando lentes de contato. Com a novidade da tecnologia multifocal, o usuário já pode esquecer seus óculos de grau sem problema.

Múltipla correção visual

A correção de dois problemas visuais ao mesmo tempo não é exatamente uma tendência nova. O que é novo é a tecnologia da lente multifocal. No entanto, levou-se algum tempo até o desenvolvimento deste modelo.

O primeiro método usado para resolver o problema da correção conjunta foi o método da monovisão. Esta primeira solução consistia em por uma lente “para longe” em um olho e uma lente “para perto” no outro. Embora fosse funcional, deixava muito a desejar pois diminuía a percepção 3D dos objetos.

O segundo método foi o do sistema de visão alternada, mas este método só servia para lentes rígidas. O diferencial na segunda solução foi a divisão da lente de contato em duas partes: parte inferior corrigia a visão para perto, e parte superior para longe. Este modelo, embora inovador, não tem o conforto das lentes gelatinosas da moderna multifocal.

A tecnologia das lentes multifocais permite todo conforto e facilidade de uma lente de contato comum, mas com a vantagem de corrigir três distâncias de foco conjuntamente. Esta lente tem uma distribuição em círculos concêntricos que não são percebidos pelo campo visual, mas que proporcionam a correção rápida na mudança do plano de foco.

Isto significa que seu cliente não precisará mais esticar o braço para ler na tela do celular, e nem apertar os olhos para enxergar uma bela paisagem pela janela. O único óculos que ele terá que lembrar de carregar é o de sol.

Quem pode usar lentes de contato multifocais

São recomendadas para qualquer pessoa com dificuldades para enxergar de perto e de longe. Não há nenhuma restrição por idade ou gênero, desde de que todos os cuidados com as lentes de contato sejam observados.

No entanto, o mais comum é que estas lentes sejam procuradas por pessoas com mais de 40 anos. Isto se deve ao fato de que é nesta idade que começamos a ter mais dificuldade para enxergar de perto. A esta dificuldade damos o nome de presbiopia , ou ainda “vista cansada”. Para aqueles com alto grau de astigmatismo e que adquirem a presbiopia, a tipo de lente de contato recomendada é a lente multifocal tórica.

É muito importante que a avaliação sobre o uso das lentes de contato multifocais seja feita pelo médico oftalmologista. Bem como as métricas necessárias na fabricação das lentes. O período de adaptação é muito mais confortável quando há precisão oftalmológica e promoção de saúde ocular.

O que saber sobre lentes de contato multifocais antes de vender

Ao comercializar as lentes de contato multifocais, é fundamental que você tenha todo o conhecimento necessário para poder esclarecer eventuais dúvidas de seus clientes que entram na sua ótica procurando por elas.

É normal que eles queiram saber sobre informações como o período de adaptação, preços e os cuidados necessários para manusear as lentes de contato. Por isso, toda equipe que lida diretamente com os consumidores precisa estar de prontidão para sanar esses questionamentos.

Não importa se é o cliente que está procurando ou a sua equipe identificou que ele tem potencial para utilizar as lentes multifocais, a venda deverá ser feita apenas para aqueles perfis que atendem aos requisitos. Veja, a seguir, alguns cuidados que os profissionais devem ter:

1- Tempo de adaptação

O período de adaptação das lentes multifocais tem duração variável de pessoa para pessoa. Tende a ser mais curto para pessoas que já sejam usuárias de lentes de contato.

Caso seja um iniciante, no caso de pacientes com astigmatismo, para tornar essa aceitação mais fácil, uma dica é sugerir que isso ocorra de forma gradativa, começando com um grau menor.

No caso das lentes multifocais gelatinosas, uma maneira eficaz de otimizar a adaptação é fazendo um teste de dominância sensorial. Identifique qual é o olho que não é dominante e coloque o grau mais elevado nele. Isso irá ajudar a aprimorar a visão para perto de modo que a para longe não seja comprometida.

2-O que deve ser evitado

É importante explicar ao cliente que, durante este período, é relativamente comum que o usuário tenha alguns desconfortos como distorções visuais que podem dificultar ações simples de movimento.

Nesta fase inicial, que pode durar por alguns dias, algumas atividades devem ser evitadas. É importante orientar a pessoa que ações como subir e descer escadas, correr ou dirigir não são recomendadas nesse momento a fim de evitar acidentes.

3-Seja transparente

Ao aderir as lentes de contato multifocais, a pessoa deverá ser orientada sobre a necessidade de se fazer, pelo menos, duas visitas para avaliar se a adaptação está ocorrendo da maneira correta.

Reforce sempre que essa aceitação pode variar de pessoa para pessoa. Para que se tenha o resultado esperado, é preciso que o usuário tenha paciência e siga todas as recomendações dos especialistas.

Ressalte também que as lentes podem ter uma eficácia de cerca de 80%. Com isso, alguns pacientes podem sentir a necessidade de utilizar outros recursos, eventualmente, como os óculos, para a realização de determinadas tarefas.

4-Reembolso

Ao indicar as lentes de contato multifocais, sempre deixe claro quais são as políticas de reembolso ou cancelamento. Isso deverá ser esclarecido antes da venda e processo de adaptação para evitar problemas futuros.

5- Efeitos colaterais

Também é comum que os novos usuários sintam dores de cabeça com a mudança nova na percepção visual. Todavia, em média, em torno de uma semana todas essas sensações desaparecem. Preparamos um artigo com 5 dicas para passar bem por este período de adaptação, recomende-o para seus clientes.

6-Custo-benefício

No que se refere aos preços, atualmente, as lentes de contato multifocais de melhor custo-benefício no mercado são as da linha Bioview. Por meio do conceito CN (Centro-Perto) e CD (Centro-Longe), permitem que o usuário veja com clareza os objetos que estão a uma distância mediana. Isto é, esta linha une tecnologia de ponta num valor acessível. Aprenda a identificar um fornecedor de confiança e não deixe de oferecer este produto em sua ótica.

7- Cuidados com as lentes

Uma informação primordial para o uso correto das lentes é sobre a sua higienização antes e pós uso, como também o modo de armazenamento. Pode parecer algo superficial, mas muitas pessoas que não têm familiaridade com o assunto não sabem.

Os cuidados básicos necessários são os mesmos de qualquer outra lente de contato. Basicamente, consistem em manter sempre uma boa higienização com os produtos adequados e indicados pelo médico oftalmologista. Vale lembrar que o manuseio deverá ser feito com as mãos devidamente limpas.

8- Satisfação do cliente

Garantir que o cliente ficará satisfeito com o seu serviço prestado é tão importante, ou até mais, do que vender um produto. Tenha a sensibilidade de entender que cada consumidor é diferente do outro, assim como as suas necessidades.

Você irá lidar com algumas pessoas que não serão capazes de, ou não querem, se dedicar a adaptação da maneira correta. Caso identifique que o cliente não está apto para obter o resultado esperado, converse e apresente alternativas mais viáveis para cada situação. Transmita sempre essa relação de confiança e responsabilidade.

Principais Vantagens

    • Liberdade de poder enxergar em condições diversas sem óculos extra;
    • Maior comodidade para praticar atividades de alta intensidade, como exercícios físicos e esportes, que ficam comprometidas com a utilização de óculos;
    • Facilidade de percorrer graduações de foco com mais naturalidade;
    • Maior quantidade de ganho terapêutico em uma só ferramenta corretiva.

Principais Desvantagens

    • Adaptação um pouco mais demorada que as lentes de contato sem múltiplo foco;
    • A visão pode ficar ligeiramente embaçada nos primeiros dias de uso.
    • Costumam ter um valor mais alto no mercado que as demais lentes de contato.

Ainda está em dúvida se vale a pena vender lentes de contato de grau? Clique aqui e entenda quais são os benefícios de ofertar lentes de contato na sua ótica.

Categorias

Postagens Recentes